Novidades

Ressurreição.

(Inspirado no capítulo 20 do evangelho segundo São João e dedicado ao Sodalício do Altar da Catedral do Redentor, Diocese Anglicana de Pelotas, por ocasião do Festival de Flores, 2003) (*)

jardim

De pedra era o sepulcro,
morada da morte
e do vazio.
Do lado de fora,
no jardim,
a mulher chora.

De repente, de mansinho,
foi como se Seus passos se escutassem,
delicados,
disfarçados
no jeito de pisar de jardineiros
— jardineiros de nossas vidas,
jardineiros do mundo
tão precisado
de amoroso cuidado…
como se Sua voz se ouvisse
na brisa suave,
a mulher a sorrir,
como a sentir
seu nome, o vento
a sussurrar-lhe ao ouvido: MARIA!

Naquele nome,
todos os nomes,
também nós,
mensageiras e mensageiros
a anunciar:
da morte, o milagre da Vida,
da injustiça, a surpresa do perdão,
da fraqueza, a coragem de lutar,
— violência sem armas –
reconciliação, agradável perfume,
por entre as flores,
todo o lixo do mundo
feito adubo
a recriar a beleza.

Ah, estas flores!
Guerreiras
de silencioso e secreto combate,
a brotar do chão,
o impossível desejo
de romper lápides frias
como a morte!
E a música
Qual prodígio
do vento
que traspassa a dureza da pedra,
paredes quase a cantar!
O templo transfigurado
em jardim,
rompido o limite
entre pedras e flores,
mulheres a rasgar
os véus da morte
e fazer ver a glória
da Ressurreição
a raiar na madrugada
da luz
que beija flores…

Dom Sebastião Armando

(*) Nas comunidades anglicanas, há um ministério, em geral exercido por mulheres, chamado de “sodalício (associação) do altar”. São grupos encarregados de preparar com esmero a mesa da celebração da Santa Eucaristia, de forma mais bonita possível: toalhas brancas, frontais nas cores de cada quadra litúrgica, vasos da santa comunhão, livros litúrgicos, arranjos de flores combinados com a cor litúrgica de cada quadra do ano, etc. Fazem-no como prática espiritual de serviço à comunidade. Na Diocese Anglicana de Pelotas, a começar da catedral, uma vez no ano, por um fim de semana promove-se o “festival de flores”. O templo se transforma em bonito jardim, com lindos arranjos florais, acompanhados de mensagens espirituais e de música que inspire meditação, convite à oração e adoração. Preparar e organizar o festival é tarefa do sodalício do altar.

About Sebastião Armando (170 Articles)
Nascido em São Miguel dos Campos, Alagoas, de família cristã, terceiro de cinco filhos, Dom Sebastião Armando Gameleira Soares fez seus estudos secundários no Seminário Metropolitano de Maceió e estudos de Filosofia no Seminário de Olinda, Pernambuco. Obteve o bacharelado e o mestrado em Teologia na Universidade Gregoriana, de Roma, com dissertação sobre Santo Anselmo, Arcebispo de Cantuária. Obteve também o mestrado em Ciências Bíblicas, no Instituto Bíblico, de Roma, com dissertações sobre o Livro dos Salmos e o Livro de Isaías, e o mestrado em Filosofia na Universidade Lateranense, de Roma, com dissertação sobre a obra do filósofo brasileiro Henrique de Lima Vaz. Ainda em Roma, fez Especialização em Sociologia, na Universidade dos Estudos Sociais, com trabalho sobre a obra de Gilber to Freyre. É também bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Olinda.No Nordeste, por vários anos, foi professor do Instituto de Teologia do Recife-ITER, do qual foi também Diretor de Estudos. Foi assessor membro da equipe do Departamento de Pesquisa e Assessoria-DEPA para formação teológica. Foi assessor da CNBB e da CRB do Nordeste II. É membro do Centro de Estudos Bíblicos-CEBI, do qual foi diretor nacional e coordenador do Programa de Formação. Foi ordenado presbítero na Comunhão Anglicana em 1997, já sendo professor e reitor do Seminário Anglicano no Recife. Em 1998 participou da Conferência de Lambeth, encontro mundial do episcopado anglicano, em Cantuária, na Inglaterra, como membro da equipe de assessoria no tema "Evangelização", convidado pelo Arcebispo de Cantuária, por indicação dos Bispos do Brasil. Foi eleito bispo no ano 2000 para a Diocese Anglicana de Pelotas-RS, e em 2006 eleito para a Diocese Anglicana do Recife (Região Nordeste). Em 2008, voltou a participar da Conferência de Lambeth, dessa vez já como bispo. Tornou-se emérito em dezembro de 2013. É casado há 42 anos com Maria Madalena, também alagoana. assistente social, com quem tem três filhas e um filho. Hoje se dedica particularmente ao Ministério da Palavra (estudos bíblicos e teológicos, em especial Leitura Popular da Bíblia, Anglicanismo, Escolas de Fé e Política, e Espiritualidade) em fronteira ecumênica, e junto com Madalena coordena um projeto social ("Casa Ecumênica - Crer & Ser") com crianças e suas famílias, no Alto do Moura, em Caruaru-Pernambuco, Brasil.