Novidades

Padre José Comblin, Padre Comblin, Padre José, Padre Zé

(Em memória de José Comblin, profeta entre nós, com gratidão e saudade)

Pobre,
empobrecido até no nome jose-comblin
de estranho feito nosso
sem qualquer sinal
de poder clerical:
restavam
só os paramentos da missa
em antigas lembranças
um retrato de paletó e gravata preta
em qualquer parte
de calça, camisa e alpercatas.

Desarmado, inerme
toda sua força na palavra
e na fina ironia
a arma de quem se sabe
sem poder.

Frágil, tímido
silencioso
só denúncia e anúncio
que a tantos irritavam
poderosos, estrondosos
desejosos de apagar
“a voz que clama no deserto” (Mt 3, 3).
Se o esbofeteassem
nem saberia reagir.

Importante arcebispo (elevado a cardeal por “serviços prestados”)
o agarrou pelo pescoço
nos corredores de Puebla de los Ángeles
inapagável
simbólica cena
do poder que sufoca
se insistisse
era fácil matá-lo.
No instante
“anjos das Igrejas” (cf. Ap 1, 20) aparecem a correr
o “excelentíssimo” criminoso
sórdida fantasia do desejo
apopléctico
larga a presa
como “o passarinho
livre do laço do caçador” (Sl 124, 7).

Também nos corredores do templo
ocorrem dessas coisas
o príncipe das trevas
sempre de tocaia
num canto da casa de Deus.
Ele sabia de Apocalipse:
nas lutas da terra
travam-se batalhas dos céus.
Jeito de dizer
Justiça e Paz, combates nossos
infinitamente além de nós
batalhas de Deus.

Padre José
testemunha de pé
diante do Trono
a cobrar o sangue de mártires (cf. Ap 6, 9-11).

“Morrer, não tenho medo da morte”,
palavra final
já desprendido de si
o sorriso de sempre
como todos os justos
“passado da morte para a vida” (1Jo 3, 14)
pela “chama do Amor arrebatado”.

Dom Sebastião Armando
Primeira redação em 2012, em “Novos Desafios para o Cristianismo – a contribuição de José Comblin”, pg 103-105. Com algumas pequenas correções

About Sebastião Armando (176 Articles)
<p>Nascido em São Miguel dos Campos, Alagoas, de família cristã, terceiro de cinco filhos, Dom Sebastião Armando Gameleira Soares fez seus estudos secundários no Seminário Metropolitano de Maceió e estudos de Filosofia no Seminário de Olinda, Pernambuco. Obteve o bacharelado e o mestrado em Teologia na Universidade Gregoriana, de Roma, com dissertação sobre Santo Anselmo, Arcebispo de Cantuária. Obteve também o mestrado em Ciências Bíblicas, no Instituto Bíblico, de Roma, com dissertações sobre o Livro dos Salmos e o Livro de Isaías, e o mestrado em Filosofia na Universidade Lateranense, de Roma, com dissertação sobre a obra do filósofo brasileiro Henrique de Lima Vaz. Ainda em Roma, fez Especialização em Sociologia, na Universidade dos Estudos Sociais, com trabalho sobre a obra de Gilber<br /> to Freyre. É também bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Olinda.No Nordeste, por vários anos, foi professor do Instituto de Teologia do Recife-ITER, do qual foi também Diretor de Estudos. Foi assessor membro da equipe do Departamento de Pesquisa e Assessoria-DEPA para formação teológica. Foi assessor da CNBB e da CRB do Nordeste II. É membro do Centro de Estudos Bíblicos-CEBI, do qual foi diretor nacional e coordenador do Programa de Formação. Foi ordenado presbítero na Comunhão Anglicana em 1997, já sendo professor e reitor do Seminário Anglicano no Recife. Em 1998 participou da Conferência de Lambeth, encontro mundial do episcopado anglicano, em Cantuária, na Inglaterra, como membro da equipe de assessoria no tema “Evangelização”, convidado pelo Arcebispo de Cantuária, por indicação dos Bispos do Brasil. Foi eleito bispo no ano 2000 para a Diocese Anglicana de Pelotas-RS, e em 2006 eleito para a Diocese Anglicana do Recife (Região Nordeste). Em 2008, voltou a participar da Conferência de Lambeth, dessa vez já como bispo. Tornou-se emérito em dezembro de 2013. É casado há 42 anos com Maria Madalena, também alagoana. assistente social, com quem tem três filhas e um filho. Hoje se dedica particularmente ao Ministério da Palavra (estudos bíblicos e teológicos, em especial Leitura Popular da Bíblia, Anglicanismo, Escolas de Fé e Política, e Espiritualidade) em fronteira ecumênica, e junto com Madalena coordena um projeto social (“Casa Ecumênica – Crer & Ser”) com crianças e suas famílias, no Alto do Moura, em Caruaru-Pernambuco, Brasil.</p>